♫♫ Ouça o Micellipodcast! ♫♫

♫ Micelli on Blip FM ♫

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Magistratura e Advocacia não se preocupam com os Servidores do Judiciário

por Sylvio Micelli / ANSJ

Ninguém veio. Nem mandou representante. Essa foi a triste realidade da reunião promovida pela Associação Nacional dos Servidores do Poder Judiciário (ANSJ) que aconteceu na última segunda, dia 01 de junho na Capital. O encontro, conforme deliberação do conjunto das entidades representativas de Servidores do Judiciário paulista, convidou uma série de órgãos relacionados ao Judiciário a participar de uma grande reunião conjunta com o intuito de esclarecer a essas entidades, ligadas a magistrados, procuradores e advogados, que até a presente data não houve o cumprimento da data-base dos servidores paulistas, bem como do silêncio do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo que realizou uma única reunião, em 14 de abril passado, e depois não mais se reuniu com os representantes para discutir a pauta de reivindicações, limitando-se a responder de forma evasiva e por e-mail.

O resultado da reunião, segundo o presidente da ANSJ e da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Assetj), José Gozze, é lamentável. "Queríamos a reunião, não apenas para prestar esclarecimentos, mas para criarmos um canal com o TJ paulista. A ausência de todos que nem mandaram um representante só ratifica que quem se preocupa com os Servidores do Judiciário somos nós mesmos". Gozze ainda ironizou algumas respostas enviadas por entidades que, claramente, disseram que não íam se envolver na discussão. "Há entidades que se dizem democráticas, mas que se esquivam do debate, quando é necessário".

Outros representantes de entidades também criticaram a ausência e com um recado bem claro para que depois não venham reclamar, caso a categoria entre em greve. Destaque fica para a presença do 1º Vice-Presidente da ANSJ, Paulo Sebastião Gonçalves Olympio, que veio de Porto Alegre/RS para apoiar o movimento dos servidores paulistas.

A reunião ocorreu na sede da Associação dos Serventuários de Justiça de Cartórios Oficializados de São Paulo (Asjcoesp). As entidades convocadas e que se ausentaram da reunião foram: Ordem dos Advogados de São Paulo (OAB/SP), Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP), Associação dos Advogados de São Paulo (AASP), Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), Associação Juízes para a Democracia (AJD), Movimento do Ministério Público Democrático (MPD), Sindicato dos Advogados do Estado de São Paulo, Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Ordem dos Advogados do Brasil - Conselho Federal (OAB) e Associação Nacional dos Membros do Ministério Público Publico (Conamp). Algumas delas chegaram a informar, na semana passada, que mandariam representantes à reunião.

Ficou marcada nova reunião de Entidades, para o próximo dia 08 de junho que vai analisar a condução do movimento, após a realização de assembleias / reuniões que estão previstas para esta quinta, dia 04 de junho. Esta reunião ocorre na Assetj às 14 horas.

Calendário da Campanha Salarial


Indeterminado - permanece, desde o dia 13 de maio, a Operação Padrão por tempo indeterminado.


04 de junho de 2009 - QUI - 14 horas - Assembleia de Servidores na Praça João Mendes


04 de junho de 2009 - QUI - 19 horas - Assembleia Geral Extraordinária de Associados da Assetj para deliberar sobre a ratificação da pauta reivindicatória da categoria e o indicativo de paralisação nos dias 16 e 17 de junho. Outras entidades representativas também realizarão assembleias com seus associados no mesmo dia.


08 de junho de 2009 - SEG - 14 horas - Reunião de Entidades representativas de Servidores do Judiciário na sede da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Assetj)


OBS.: Caso você tenha algum evento referente à Campanha Salarial e queira divulgar mande as informações para imprensa@assetj.org.br.

Nenhum comentário: