♫♫ Ouça o Micellipodcast! ♫♫

♫ Micelli on Blip FM ♫

domingo, 21 de dezembro de 2008

O sucesso do futebol-empresa

Sylvio Miceli

A Sociedade Esportiva Palmeiras sempre foi uma equipe de ponta do futebol brasileiro. Porém, desde 1976, o time do Parque Antártica amargava a falta de títulos. Surgiu então, a experiência bem sucedida do futebol-empresa. Em conjunto com a italiana Parmalat, o time do Palmeiras montou uma forte equipe e vem provando nos últimos quatro anos, que o empreendimento deu certo.

A parceria entre a Parmalat e o departamento de futebol do Palmeiras começou em março de 1992. De lá para cá, a equipe sagrou-se três vezes campeã paulista (1993, 1994 e 1996), duas brasileiras (1993 e 1994) e campeã do Torneio Rio-São Paulo de 1993.

Os torcedores dos outros times de futebol têm o hábito de criticar a parceria de ambos, alegando que a Parmalat poderá sair a qualquer momento, mas isso não é verdade. Existe um contrato entre empresa e clube, onde a Parmalat não participa das receitas do departamento de futebol do Palmeiras e, segundo o diretor de esportes, José Carlos Brunoro, “há um plano de trabalho global em conjunto, inclusive de infra-estrutura”.

Além do Palmeiras, a Parmalat mantém parcerias com o Juventude (RS) e o Santa Cruz (PE). A empresa detém o passe de vários atletas, podendo transferi-los entre as equipes, porém salvaguardando o interesse do clube o qual pertence o atleta no momento.

É uma receita de sucesso, que deverá no futuro ser utilizada pelas outras equipes do futebol, assim como já ocorre em outros esportes.

Texto originalmente escrito em 1996. Não foi alterado para publicação neste Blog

Nenhum comentário: